COPA CARMO: COM GRANDE VITÓRIA, PARANAÍBA VENCE O NITERÓI E CONQUISTA O PRIMEIRO TÍTULO DA COMPETIÇÃO.

O Galinho Carmense é campeão! Com uma vitória indiscutível o Paranaíba Sub 17 venceu o Niterói Esporte Clube por 2 x 0 em uma noite de uma belíssima festa e grande público, conquistando o título da primeira Copa Carmo de Futebol Amador, competição organizada pela SEMEC/Prefeitura de Carmo do Paranaíba. A competição que contou nessa primeira edição com oito equipes, trouxe de volta muitos torcedores ao estádio, proporcionando um bom público, revelou grandes talentos e trouxe de volta grande atletas como o volante William Alexandre, eleito o destaque da competição. Além disso o torcedor pode matar a saudade revendo novamente equipes como o Boca Junior e o Independente e o Niterói.

A noite desta sexta-feira(02) foi de muitas emoções e alegrias no estádio João Luiz de Carvalho. Com um público que a muito tempo não se via, a Policia Militar estima que cerca de 1.000 pessoas passaram pelo estádio, no primeiro jogo o Boca Junior venceu o Tevez Futebol Clube pelo placar de 3 x 1 e conquistando o terceiro lugar da competição. O Boca Junior foi agraciado com um troféu e medalhas. O Tevez F C levou o troféu de quarto colocado. 

No jogo principal o Paranaíba Sub17 apesar de estar no seu estádio em termos de torcida, sentiu-se como se estivesse na casa do adversário. Niterói com 77% e Paranaíba com 59% de aproveitamento chegaram a final com as melhores campanhas da competição e dividindo as melhores defesas e ataques. 

O primeiro tempo do Paranaíba foi avassalador, e não deu a menor chance para o seu adversário. O atacante Paulo Augusto perdeu duas grandes chances de gols logo no início. Aos 12 minutos depois de grande jogada de Vinícius Cebola, Nuguete abriu o placar para o Galinho Carmense. PARANAÍBA 1 X 0 NITERÓI.

Com um "buraco" no meio de campo o Niterói foi encurralado pelo adversário e não conseguia chegar ao seu ataque. Aos 30 minutos Paulo Augusto invadiu a área a tocou na saída de Sid ampliando o marcador. PARANAÍBA 2 X 0 NITERÓI. 

Por contusão o Niterói fez duas mudanças ainda no primeiro tempo. Marcos Pelé e Ita contundidos, deram lugares a Kesley Bruno e Adriano.

O Segundo tempo mostrou um Niterói mais agressivo, porém esbarrando na segura defesa do Paranaíba, formada por Mateus Dorfo e Vitor Viola. Após os 25 minutos o Paranaíba voltou a equilibrar as ações garantindo a vitória.

O árbitro João Cândido Sobrinho, por muito pouco não estragava a festa. Sem a menor necessidade ele acrescentou três minutos e depois parecia estar gostando de apitar a final e não queria que ela terminasse. Aos 51 minutos ele expulsou o atacante Barba do Paranaíba aplicando o cartão vermelho direto causando uma grande confusão no gramado entre as duas equipes. Depois em meio à confusão o mesmo encerrou a partida. 

O Paranaíba termina com a melhor defesa, 10 gols e o melhor ataque 27 gols. As duas equipes sofreram apenas uma derrota em 9 jogos e exatamente no confronto entre elas. 

O jogador Vinícius Cebola foi o eleito pela equipe explosaodoradio como o destaque do Paranaíba e do jogo. Maykinho foi o destaque do Niterói.

O volante William Alexandre do Niterói foi eleito o destaque do campeonato e foi agraciado com um troféu. Gabriel Martinez do Paranaíba foi o goleiro menos vazado e também foi agraciado.

NITERÓI: Sid, Pedro Tim Tim, Tales Canela, Fabinho(Iago), Marcos Pelé(Adriano); William Alexandre, Lindomar, Maykinho, Seruque, Guelzinho, Ita(Kesley Bruno). Téc.: Luiz Claudio Sorriso

PARANAÍBA: Gabriel Martinez; Brener, Mateus Dorfo, Vitor Viola, Matheus Rodrigues(Léo); Aparecido, Vinícius Cebola, Paina, William(Barba); Nuguete(João Pedro), Paulo Augusto Téc.: Luiz Bispo.

 

Por Alexandre Oliveira

Fotos: Carlos Eduardo